A caminho dos óscares 2015...

sábado, janeiro 24, 2015





Este é período que mais gosto do ano no que diz respeito a filmes. Há sempre uma lista gigante de possibilidades.
Queria ver se conseguia ver tudo até à noite dos ó
scares. Ano passado só me faltou um.
Este ano já despachei o Birdman e Grand budapest hotel.
Logo é noite de ir ao cinema. Ainda não sei o que vou ver mas acho que alguém vai ficar chateado por eu andar a ver tudo o que é filme nomeado.
É vida.
Eu também não ando a dar pulos de alegria por ele estar mais uma vez em NY sem mim!

=)

E vocês já viram algum dos filmes nomeados?

Food: Mousse de leite condensado com raffaellos

sexta-feira, janeiro 23, 2015



Tenho andado sem muito tempo para o blog. Mas continuo a ter tempo para experimentar novas receitas. Sobretudo quando o N. receita. Confesso que quando ele volta tento sempre cozinhar receitas novas ou as preferidas dele.
Desta vez teve sorte, além da habitual mousse de coco com leite condensado, adicionei raffaellos.
Estava para lá de divinal.
Esta receita é super simples.

Ingredientes:
1 pacote de bolachas maria
1 lata de leite condensado
3 ovos
250 gr côco
1 caixa de rafaellos

Colocar na base bolachas trituradas. Num recipiente à parte juntar 3 gemas com o leite condensado cozido e o côco. Depois de devidamente misturado, colocar por cima da bolacha triturada e no meio colocar raffaellos. Repetir o processo duas vezes.
Basicamente é uma mousse em camadas.
Para quem gosta de côco, não há melhor!

E em 2015 vamos jantar onde....

quinta-feira, janeiro 22, 2015







2014 foi um ano espectacular no que diz respeito a restaurantes.
Quem nos conhece já sabe que um dos nossos prazeres da vida é experimentar restaurantes. Escolhemos os que consideramos melhores ou eventualmente os que gostávamos mesmo de experimentar para comemorar datas importantes.
É por isso que acredito que não vou ser pedida em casamento ao jantar! Acredito que sr. namorado irá ser capaz de fazer algo mais surpreendente, uma vez que ir jantar fora a sítios espectaculares é algo que já vamos fazendo de vez em quando (eu continuo com a esperança da viagem para Bali!!!!)

E estava eu a dizer que 2014 foi um ano bom. Mas podia sempre ser melhor, houvesse mais dinheiro. Porque sítios espectaculares e vontade de conhecer não nos falta.
Nos últimos meses vimos religiosamente todas as quartas-feiras um programa no 24 kitchen que consistia em conhecer as cozinhas e restaurantes dos melhores chefs do mundo. Ai, tantas vezes suspiramos nós.
Fiz questão de conhecer um bocadinho mais de cada um. Posso dizer-vos que Espanha, Itália e França têm alguns maravilhosos. Quase todos com várias estrelas michelin. E à conta desta vontade toda em conhecer mais restaurantes espectaculares estabeleci 3 objectivos para 2015:

1) Ir ao Belcanto. Não só porque teve duas estrelas, mas porque gosto do Avillez e dos menus que faz. Sei que fica em LX e isso sim é um problema maior. Mas é para isso que servem as datas especiais, para fazermos coisas especiais (Para que conste faço anos daqui a 3 semanas).

2) Ir à casa de chá da Boa Nova. Se não for a este, fico mesmo triste. Eu gosto muito Rui Paula. O N. já não gosta tanto, sobretudo depois de termos ido ao The Yeatman, mas o meu coração vai ficar sempre com o Rui Paula, quer tenha um estrela ou não. Foi no Rui Paula que comemorarmos 4 e 5 anos de namoro. Sendo que o DOC é o restaurante mais bonito onde fui.
É verdade que a vista do The Yeatman é brutal, mas ele levou-me ao DOC de surpresa, num fds para lá de perfeito, não há estrela que bata isto. O Douro ao nosso lado numa noite inesquecível.
Regressar ao DOC este ano (2014) e ainda por cima para almoçar (de borla!!!!!) fez-me ter a certeza que tenho que ir à Casa de Chá (já disse que faço anos daqui a 3 semanas?)

3) Claro ir ao Pedro Lemos. Não podia propriamente esquecer que o Pedro Lemos fica no Porto. Mas vou colocar este em último lugar. Primeiro porque fui ao stash e não gostei, bem sei que não tem nada a ver, mas é do Pedro Lemos!
E depois porque já ouvi falar "mal" do Pedo Lemos, ou melhor, menos bem! Mas havendo oportunidade (leia-se dinheiro) eu vou ;)

Fora isto tudo tenho a dizer-vos que comecei muito bem 2015. E que prometo voltar com um post sobre um dos melhores restaurantes do Porto. Só vos posso dizer uma coisa: melhor sobremesa de sempre! ;)

Fica para outro dia!

Food: Sopa de cogumelos

terça-feira, janeiro 20, 2015
Nos últimos tempos temos vindo a comer mais sopa, quer feita por nós, quer nos restaurantes.
Quando vamos jantar fora e vemos nas ementas uma sopa diferente, pedimos!
Quando estamos em casa e apetece-nos algo mais leve, fazemos sopas diferentes.
Acho que esta nova incursão pelo mundo das sopas, faz-me ter a certeza que sopa nunca vai faltar lá em casa.
Um dia destes fizemos sopa de cogumelos. Mas eu não fotografei.
Hoje e uma vez que estava sozinha em casa ao jantar decidi fazer sopa de cogumelos.
Para nós há algo  essencial quando fazemos sopa, não usar batata, nem natas.
É suposto uma sopa ser saudável.

Por isso aqui está a receita que seguimos. Substitui a batata por alho francês e tomate. A vaqueiro por azeite. Na primeira vez que fizemos usamos só uma fatia de bacon. Desta vez, dispensei o bacon.
Adicionei 3 cogumelos cortados depois de ter a sopa pronta.
É uma delicia ;)

O brunch no terrella - B-dayClau

segunda-feira, janeiro 19, 2015





Esta semana foi uma loucura.
Já não me lembrava de andar tão cansada. Foi o regresso ao gym, foi cafés até de madrugada, jantares com amigos, arranjar tudo para o aniversário da Bff e ainda tratar de assuntos pendentes da casa. 
E com o N. a viajar sobra tudo para mim ;(
Esta semana não vai ser melhor. Muito trabalho pela frente e algumas situações chatas para resolver com o apartamento!!!!

Mas este post é só sobre o dia de anos da minha melhor amiga.
Este ano disse-lhe que a organização da festa ficava por minha conta. Decidi marcar um brunch, no Terrella. A minha primeira opção foi o bite me, no espaço 7 na foz, mas não aceitavam reservas. De modo que decidimos optar pelo Terrella. 
Ora o Terrella é o oposto do bite me, enorme, cheio de pessoas, com boa comida e linhas muito modernas. Um bom atendimento e muita variedade.
Deram-me a oportunidade de decorar a mesa e perguntaram-me várias vezes se precisava de ajuda.
Para a decoração de mesa usei um jarro branca, com traços simples e umas flores de cor forte. 
Cada convidada teve direito a uma palhinha rosa com corações!
Comprei quase tudo na tiger, o quadro onde podiamos escrever mensagens e o apito, que foi um dos elementos engraçados da festa!
As mensagens foram feitas em casa. E acho que valeu a pena. As fotografias foram mesmo giras.
A parte mais gira foi mesmo o bolo. Já eram quase 4h da tarde e tinhamos o restaurante quase vazio. E claro que ela não estava na à espera ;)
Tiramos algumas fotos com a polaroid, cantamos os parabéns e ainda viemos fazer a digestão em frente ao mar com um chá.
Para o ano há mais. Serão 30. Mas por enquanto +é hora de aproveitar os 29 ;)
Parabéns* 

Casamento com Maroon 5

domingo, janeiro 18, 2015




Não sei se casava ;)....que gato!

Ter ou não ter enxoval

domingo, janeiro 18, 2015



A nossa casa tem sol. Muito sol. E é quentinha. Tão quentinha que dá vontade de pegar num sofá e ir para lá viver até acabar o Inverno.
E hoje, a primeira vez que estive dentro dela com chuva, percebi que também consegue ser amorosa em dias cinzentos. Ou então sou só eu que me ando a babar para cima dela sempre que lá vou.
É que mesmo as coisas que não gosto já começam a parecer um bocadinho melhores:)

Gostava de marcar uma data para irmos para lá viver. Mas não me parece que vá ser possível.
Temo demorar mais tempo a encontrar os móveis e a decorar do que a fazer obras. Tenho tido uma dificuldade extrema em imaginar como pode ficar.
E acredito que a mudança também não seja de todo fácil.
Nas últimas semanas comecei um dos processos mais dificeis, empacotar tudo o que tenho nesta casa para a casa nova. E quando digo tudo é só coisas novas para a casa.
Nem consigo pensar em como vai ser com a minha roupa e objectos pessoais.
Neste momento quase já não é possivel entrar num dos quartos que tenho vazios na cave! O N. da última vez que lá foi assustou-se! Ele nem imagina que uma parte das coisas ainda estão no chalé.

E fora a triagem que eu fiz.
Durante anos nunca quis nada para a casa (leia-se enxoval). Nos últimos dois anos ou talvez três "permiti" que a minha mãe e sogra me oferecessem algumas coisas. Mas  ao olhar para tudo o que tenho, percebo que provavelmente mais pessoas ofereceram-me presentes para a casa sem eu ter a verdadeira noção.
Tenho divertido a valer com a minha mãe nas descobertas de panos e paninhos com patos e sapos e animais horriveis. E depois nenhuma das duas sabe de onde vieram tais relíquias!

É óbvio que isto de fazer enxoval tem vantagens e desvantagens.
A primeira é que até agora praticamente não gastei dinheiro em utensílios nem electrodomésticos!
O que tenho comprado são peças decorativas, como jarras, ambientadores, almofadas, enfim! E isto permite canalizar o dinheiro que íamos gastar noutras coisas igualmente importantes.
A segunda vantagem é que o facto de ter sido um processo longo faz com que tenhas coisas para usar por muitos e bons anos. Se não tivesse mesmo nada, comprava o minimo. Neste momento devo ter toalhas para os próximos 10 anos de vida em comum. Ou talvez 20.
Agora vem a parte chata e que faz com que muitas pessoas não queiram fazer enxoval.
Mas será que eu gosto mesmo de tudo o que tenho?
Pois. Não é fácil gostar mesmo de tudo.
E também já percebi que eu própria comprei coisas há 5 anos atrás quando vivi sozinha, que hoje nunca na vida compraria. Os nossos gostos vão mudando, as tendências também.
Felizmente eu não sou tão quadrada ao ponto de achar que o que vou comprar hoje vai ficar na minha casa eternamente. Acredito que tal como com a roupa, também vá sentir necessidade de mudar.
Mas neste processo todo, encontrei algumas coisas que não gostava, como toalhas para a mesa, panos para o Natal, panos para os móveis, copos horríveis, saladeiras que parecem saídas do tempo da minha trisavó, um serviço cheio de flores (eu disse que tinha mesmo muita coisa) a lembrar alguns horriveis que tem no gato preto. Enfim.
A maioria das coisas dei a quem precisa.
Fiz um racionio super simples. Gostas? O N. gosta? Algum dia vais usar?
E pronto.
Não deitei nada ao lixo porque apesar de tudo foram presentes de pessoas que gostam de mim. Mas também não consigo ter o pensamento de "guarda que pode fazer jeito".
Não quero ser uma acumuladora de coisas que não gosto. E não quero comer numa toalha que não gosto. Adoro quando me dizem que posso usar só com o N. É a minha casa. E nós somos as duas pessoas mais importantes, logo se há alguém com quem me vai dar gozo usar a toalha mais gira é com ele!
E por isso tudo o que está dentro de caixotes é exactamente a minha cara.
Mas agora já chega de presentes para a casa. Porque já passamos muito para trocar presentes oferecidos este natal, uma vez que temos mesmo tudo!

Hmm...quer dizer uma máquina de lavar roupa dava jeitinho ;) E um estendal. E molas. E uma vassoura...ups. Afinal não temos tudo.
É um processo sem fim à vista. Mas eu estou adorar ;)

Fall in love - Vestido de noiva #2

quarta-feira, janeiro 14, 2015

Rendas. Véu e estas costas.

A festa dos 30 anos da MJ!

terça-feira, janeiro 13, 2015
Uma das minhas amigas fez 30 anos e preparou uma festa para os amigos.
Um jantar todo personalizado, com apontamentos que dizem muito sobre ela. Cada lugar estava marcado com fotografias. Havia flores, jarras lindas, corações e lábios para tirarmos fotografias ;)
E esta festa fez-me ter saudades do meu aniversário ;)
Mas este ano decidi não fazer festa. Não gosto de números ímpares e como faço anos ao Domingo, decidi passar o fds todo com o N. e a minha família.
Para ano serão 30 e aí sim espero fazer uma festa bem gira.
Enquanto isso não chega, entusiasmei-me e vou organizar o b-day da minha melhor amiga! Que é já daqui a 4 dias!!!! Ideias não me faltam ;)

Acho que vai ser um dia bem divertido e vamos fazer algumas surpresas porque ela merece muito ser feliz!
Depois regresso com as fotos e as ideias que tivemos!

Por enquanto fiquem com as fotos do b-day da MJ ;) O tema da festa era urban chic e eu esta semana ainda volto para vos contar a roupa e os acessórios que usei para entrar no espírito!




Fazes tudo o que podes para estar ao pé de mim ;)

terça-feira, janeiro 13, 2015


Só porque vais embora hoje e eu não me lembro de estar tão perto de ti*

Até já baby*

Fall in love #É nosso!

segunda-feira, janeiro 12, 2015
É difícil olhar para uma casa e perceber que é ali que queremos viver.
É difícil projectar um futuro num apartamento que não é nosso, que tem um sofá que não gostamos e a cozinha não é branca.
É difícil entender as pessoas que vivem num apartamento sem varandas, que compram um r/c, que não tem sol a entrar em casa, que tem azulejos medonhos nos wc's.
É difícil deixar o nosso quarto e imaginar que um dia outro espaço minúsculo pode vir a ter a nossa cama.
Para quem vive numa casa como eu, mudar-me para um apartamento torna esta decisão de escolher ainda mais difícil.
Sou apaixonada pelo meu quarto, pelo sol que entra nas duas janelas, sou apaixonada por áreas grandes, por cozinhas brancas, por relvas e jardins, por uma lareira e uma casa cheia de espaço.
Foi difícil encontrar um apartamento.
Foi difícil algo encher-me as medidas.
E foi ainda mais difícil ter tudo reunido num só sitio.
Abdicamos de algumas coisas, mas no geral acho que vou sair mesmo a ganhar neste caminho.

Não tem lareira (não consigo imaginar um Natal sem lareira), mas consigo ver o mar =)
Tenho um terraço privado no meu quarto e não é um R/C =)
Temos 3 varandas  e duas janelas maravilhosas na cozinha (sol,sol,sol) Sol e mar!
Há espaço para os putos brincarem atrás (já imagino os afilhados a andar de bicicleta) e para o namorado jogar ténis!
Vamos estar mais perto do trabalho e continuamos perto dos papás.
Enfim. Não havia muito a decidir no geral.
Mal entrei neste apartamento morri(emos) de amores.
Fomos lá uma única vez e nessa mesma noite já sabíamos que ia ser nosso.

Agora é só esperar que fique vazio para poder construir todos os nossos sonhos lá dentro <3
2015*
Encontramos*

[Há um ano atrás estava longe, muito longe de imaginar que em Setembro já teria uma casa. O N. ao longo de todo este processo foi-me sempre dizendo para confiar, confiar nele e no que a vida nos tem dado (e é muito, cada vez mais), mas a verdade é que todo o trabalho que fiz comigo própria deu frutos. E consegui(mos) tudo o que queria(mos), em muito menos tempo]

Decidir. Acreditar, Mas sobretudo AMAR.
Amar-te cada vez mais. É tudo o que faz sentido.


Uma ida ao zoológico de Lisboa

terça-feira, janeiro 06, 2015








Mais do que presentes, o que eu realmente gosto de dar ao meu afilhado são novas experiências.
Ainda não temos bebés e estamos muito longe de querer ter, mas quando tivermos tenho a certeza que vai ser igual.
A parte boa dele já ser "crescido" é que começa a ser possivel andar com ele em todos os sítios e não estar preocupada com coisas simples como a comida!
Neste Natal fomos andar de avião.
Quando chegamos a Lisboa fomos ao zoo. Eu não sou a maior fã de animais, mas adorei ir ao zoo. Já tinha ido há mais de 20 anos e desta vez foi realmente especial. Parecíamos tolinhos quando vimos os leões ou as girafas.
Parece que estamos noutra dimensão ;)
E ainda andamos no teleférico, eu morri de medo, o N. não se mexia e o V. adorou tanto que queria repetir!

Acho que foi um presente inesquecivel. Terminamos a noite com ele a pedir-nos comida tailandesa. O meu afilhado é dos nossos. Gosta de tudo e de experimentar!
E eu gosto cada vez mais dele ;)

O balanço de 2104 e os desejos para 2015

domingo, janeiro 04, 2015
No fim de 2014 é sempre um bom momento para fazer um balanço do ano que passou.
Não sou muito de ficar a reflectir mas tento sempre avaliar como correu o ano e o que realmente aprendi. E aprendi muito.
No entanto sinto que 2014 foi um ano de preparação e de despedidas.
O último natal sem o N., o último inverno na minha casa (e ainda bem que não deve haver casa mais gelada), começar a comprar TUDO o que faz falta numa casa nova. Enfim.
Foi o ano em que comecei a procurar a casa, em que percebi que devia "trabalhar" algumas características minhas que teimavam impedir-me de ser feliz, foi um ano para me aproximar de algumas pessoas que no futuro vão ser muito importantes para a nossa vida, foi o ano de sermos um só, de atingirmos uma estabilidade inabalável, de me sentir quase casada, sem estar casada, de decidirmos que íamos viver juntos antes de casar, de delinear estratégias para conseguirmos alcançar os nossos objectivos. De viajar com as amigas, de conhecer novas cidades, de ter um blog só meu!
E 2015 tem tudo para ser O ano. 
No meu trabalho vão surgir mudanças que espero que sejam boas e que me façam gostar ainda mais do que faço.
Na minha vida pessoal tenho todas as pessoas que são especiais comigo e de boa saúde, que no fundo é mais importante.
E para além de termos comprado a nossa casa,  vou viver com o N. ;) Vou ter a oportunidade de ter a minha casa exactamente como sempre quis;) 
Tenho imensos planos para 2015. Quero muito acreditar que vamos conseguir fazer tudo ;) incluindo algumas viagens ;) 
É altura de voar até à Ásia. Quero muito faze-lo antes da minha lua-de-mel e tenho grandes esperanças que seja este ano. Se voar até à Croácia, Açores, ilhas gregas ou Marrocos também não fico triste.
Vamos ter três casamentos de amigos muito especiais, vem aí mais um bebé para a minha família (finalmente uma menina) por isso vai ser um ano cheio de amor ;)

Uma das coisas que fiz este ano foi elaborar desejos com o Nuno.
Eu disse-lhe para onde queria viajar, os restaurantes que queria ir, o que gostava de ter lá por casa, os jantares que íamos preparar juntos para nossos amigos, os vinhos que íamos abrir com a nossa família ;)
Tenho a fasquia muito elevada, mas a verdade é que se não sonharmos ninguém sonha por nós.
Para 2015 quero coisas simples, como uma casa pintada de branco, bons amigos por lá a jantar, almoços especiais e com vista para o mar, viagens para vivermos o nosso amor e um fim de ano especial, o último como solteira ;) 
A ver vamos.

Bom ano para todos*