Fall in love #um amor para a vida

terça-feira, agosto 26, 2014
Há fases em que nos damos bem. Fases boas em que as coisas fluem naturalmente. Depois de vez em quando lá discutimos. E eu que passo dias a chatear-te e a acabar com a tua paciente de santo, venho e peço desculpa. Ou cedo, ou finjo que cedo=) Só para não nos desgastarmos.
Nada me perturba mais do que a possibilidade de nos desgastarmos. E depois nunca quero sofrer quando sei que no fim tudo ficará bem. Como nas histórias de amor com finais felizes.

Mas depois temos fds como este que passou. Em que não fazemos nada. E fizemos tudo. E eu olho assim para trás e não entendo como é possível estarmos tão apaixonados um pelo outro ao fim de 6 anos.
Todos dizem que um dia isto vai acabar, que com o tempo as coisas mudam. Eu acho que muda para melhor.
Como posso explicar ao mundo através de palavras a imensurável felicidade que sinto de cada vez que olhas para mim e me dizes que gostas de mim! E são tantas as vezes.
Como eu invejo a tua habilidade com as palavras. O único capaz de me emocionar, de tocar lá no lado esquerdo.
De chegar a sorrir todos os dias.
É impossível não agradecer este amor. Não o celebrar. Não o espalhar.
Já te disse muitas vezes que o tempo que tivermos nunca será suficiente para nos amarmos. Nunca será suficiente para me sentir satisfeita.

Como posso não agradecer e engrandecer um amor como este? Um amor como tu. Para a vida.


Sem comentários:

Enviar um comentário