Das viagens interiores.

domingo, maio 11, 2014

Depois de uma semana dificil a nivel emocional, em que passei (quase) todos os dias a pensar, pensar e pensar (quem pensa muito...), a sofrer por antecipação, com dores emocionais a surgiram em tudo o que é membro e orgão do corpo, chegou o fds.
E depois de um fds maravilhoso, em que fiz um delet total da semana anterior, depois de muitos mimos das amigas, hoje foi dia de partir em descoberta do Porto e ficar ainda mais apaixonada pelos sitios novos que descobri.
Perdi-me no Miradouro da Vitória, fiqeui lá quase uma hora a tentar encontrar alguma paz naquela beleza brutal que invadia os meus olhos. E conheci um casal de 90 anos, acabei por passar mais meia hora à conversa com eles, sobre viagens, sobre o Porto, sobre história, sobre o amor.
Queria estar bem e sentir-me ainda melhor.
Maio costuma ser um mês feliz para mim. 
A verdade é que tenho andado em mudanças interiores, tenho algumas questões dentro da minha cabeça, algumas decisões para tomar. Odeio andar assim. Odeio estar mal-disposta.
E odeio ainda mais quando me sinto fragilizada. Estou nitidamente a precisar de colo. Do teu.

1 comentário: