Traçar objectivos

quinta-feira, fevereiro 20, 2014
No último ano traçamos alguns objetivos comuns e dentro dos comuns eu tracei objectivos para mim própria. Objectivos irreais, diga-se de passagem. Claro que ao fim de 2 meses estava a comprometer seriamente a minha saúde mental, primeiro porque os objectivos que estabeleci não eram possíveis de serem alcançados e depois porque estava a falhar redondamente ao não alcança-los.

Foi preciso quase bater lá no fundo para perceber que o ideal era relaxar e deixar andar. Descobri que não posso planear um futuro espetacular, hipotecando o meu presente.
E decidi viver ainda mais o presente.

Aprendi também que mais importante que os objectivos comuns, era ter somente objectivos meus. Coisas simples mas que além de me motivarem, o sucesso para os alcançar estivessem única e exclusivamente dependentes de mim. No inicio foi difícil. E foi por isso que comecei a escrever para um caderno duas coisas importantes: os meus objectivos/sonhos para 2014 e as 3 melhores coisas do meu dia. Faço isto religiosamente todos os dias. Os objectivos estabeleço à semana, por norma ao Domingo ao noite, é uma espécie de agenda motivadora! Só escrevo coisas boas que pretendo fazer! As coisas boas do meu dia são coisas tão simples como o sorriso do meu afilhado, ter comprado algo para minha casa, uns sapatos novos ou simplesmente ter comido um cubo de chocolate preferido!

Nos últimos tempos sinto-me bem melhor (claro que há sempre dias maus) mas aquele mau estar e frustração por não estar a conseguir desapareceu. Agora comemoro as conquistas e sei cada vez mais que para estar bem com os outros tenho de estar primeiro bem comigo própria.

É um processo evolutivo e espero chegar ao fim de 2014 mais segura, mais independente, mais realizada e mais feliz.

4 comentários:

  1. Aponta no caderno "estar mais vezes connosco". ;p

    ResponderEliminar
  2. Só pelo facto de teres feito um post sobre isso já se vê que estás no caminho certo! :)
    É isso, Lila! :)

    ResponderEliminar
  3. Cheira-me que 2014 vai ser um ano em grande #dreams

    ResponderEliminar
  4. Há muito que esperava este post. E não quero que fique por aqui...

    ResponderEliminar