Namorar na rota do chá. Namorar para sempre.

segunda-feira, fevereiro 24, 2014


Uma pessoa faz planos, traça um percurso, vai toda confiante que vai ver o mar, vai comer uma saladinha e beber um sumo natural e de repente percebe que tem de mudar tudo, porque já não há espaço.
Ás duas da tarde não há espaço em frente ao mar, não há mesas para almoçarmos e assim se perde 30 min a decidir para onde vamos rumar a seguir.
É tão difícil voltar a por as expectativas em alta que só temos uma alternativa: a baixa do Porto.
A par da praia é o único sitio capaz de me deixar relaxada e feliz. Passear de mãos dadas.
Foi uma tarde tão boa que chega a ser difícil contar-vos aqui.

Começamos a almoçar aqui. Viemos terminar a sobremesa aqui. E passamos o resto da tarde enroladas em mantas, chás e bolo. A namorar. Na minha rota.

A namorar. A matar as saudades que vamos sentir já para a semana. A dizer que gostamos um do outro em cada rua percorrida. A contar os dias. Os meses. A encurtar os anos. A realizar sonhos. Não sei como é possivel ser tão feliz ao teu lado.

1 comentário: