E no fim só se diz: Obrigada pelo carinho*

sexta-feira, julho 10, 2015

Mudar é difícil. Terminar algo ainda mais difícil.
Este blog foi construído para colmatar a perda e o fim trágico do blog me7adedalaranja.
Acho que nunca mais foi igual. Aqui centrei-me muito em nós. No que fazíamos e no período que estávamos a viver.
Deixei de postar numa fase em que estava infeliz.
Quem me conhece sabe que por regra ando sempre feliz. Já aqui disse muitas vezes que até agora tive uma vida abençoada. Uma família fantástica, afilhados que eu amo, um emprego que eu gosto, viagens, um namorado que me amou e me fez imensamente feliz.
Este período dos 20 para os 30 foram maravilhosos. Não tive ninguém verdadeiramente doente, não perdi pessoas próximas, que no fundo é o que mais importa.
Conheci e fiz novas amizades, que espero que fiquem para a vida e que me salvaram estes meses todos.
E como estava a dizer quando fiz 29 anos sentia-me incrivelmente infeliz. Todos me diziam que não fazia sentido, que este ano é que era. Que tinha uma casa. Que tudo de bom iria acontecer-me, mas a verdade é que quanto mais o tempo passava mais infeliz e mais doente eu me sentia.
Não conseguia vir até aqui dizer que fui ao restaurante xpto, quando na verdade só tinha vontade de dizer o quanto me sentia perdida, desgastada.
Ter certezas é tão difícil.
Cheguei a um ponto sem retorno. E assumir que estava a ficar doente custou-me mais do que todos os meses que me sentia infeliz.
O meu (nosso) amor que era para sempre acabou.
E este blog também.


Há todo um mundo para (re) descobrir. As borboletas e a magia voltaram. E eu finalmente comecei a sentir-me feliz com 29 anos.
Vai nascer um novo blog. Não sei quando, que ando ocupada a ser feliz, mas prometo voltar cheia de novidades.


A quem esteve sempre ao nosso lado obrigada pelo carinho*

O vestido - óscares 2015

segunda-feira, fevereiro 23, 2015


Linda. A minha preferida. Dos brincos, à cor do vestido, à simplicidade. Adoro.

Vamos lá começar com isto dos vestidos dos óscares ;)

domingo, fevereiro 22, 2015

Em noite de óscares fui buscar o vestido lindo e único que a Rihanna usou nos grammys e que eu ainda não tinha comentado.
Não sei se vou aguentar ver tudo até ao fim e também não sei se vou publicar no fb, acho que vou fazer só um apanhado dos preferidos e amanhã volto com novidades ;)


O primeiro jantar romântico na casa nova

sexta-feira, fevereiro 20, 2015
Adoro fazer surpresas. Tivesse eu tempo e dinheiro e passava os dias a organizar festas e jantares especiais.
Para nós qualquer motivo é bom para festejar.
E eu andava há dias com a ideia de fazer o primeiro jantar romântico lá em casa. O grande problema é que não temos nada em casa. Nem um banco.
Primeiro pensei num lanche e aproveitava a mesa e as cadeiras de madeira que a ex-proprietária nos deixou na varanda, mas com a chuva ficou tudo molhado e rapidamente esqueci esta ideia.
Depois percebi que se queria mesmo fazer um jantar tinha que levar a casa às costas e montar tudo.
Fiz uma lista de coisas que precisava para não ter que voltar a casa a meio da tarde. E pronto. Dois horas depois já tinha tudo dentro do apartamento.
Desde a mesa, às cadeiras, aos pratos, talheres, velas, toalha, panos da loiça, copos, etc, etc
Depois era necessário lavar tudo o que era novo, desde o wok, às travessas, aos talheres. Tudo!
E por fim foi ”só” montar tudo.
A mesa foi o mais fácil. Não era propriamente a primeira vez que fazia um jantar romântico. Optei por fazer tudo muito simples, velas, flores e um serviço branco.
Fazer o jantar é que se tornou caótico porque a meio da tarde fiquei sem água!! Ninguém sobrevive sem água. Basicamente gastei 10 litros de água, a cozinhar e a lavar a loiça.
Foi o caos mas não ia propriamente deixar de o fazer.
Nas entradas tentei simplificar e comprei 6 tipos de pães diferentes e manteiga (é o nosso couvert preferido de sempre).
Depois comprei um azeite da herdade do esporão para degustação. Um coloquei alecrim e oregaõs e o outro deixei simples. É das coisas que mais gostamos. Azeite, ervas e pão.
Coloquei ainda alguns camarões e tomates secos mergulhados em azeite.
Tudo muito fácil de fazer.

Para o jantar fiz massa com cogumelos (vários tipos), mel e tomate seco. Abusei uma vez mais das ervas, alecrim, oregãos e manjericão fresco.
O N. recebeu uma msg a meio da tarde com a fácil tarefa de comprar um vinho tinto (escolheu o quinta da Leda) e um gelado (o gelado de speculoos haagen daz).
Foi um jantar inesquecível . Com muitos brindes à mistura e a certeza de que vamos continuar a ser felizes, ali*




O dia dos namorados no restaurante Terra

quinta-feira, fevereiro 19, 2015
Não me lembro de alguma vez em 7 anos ter ido almoçar/jantar fora no dia dos namorados. Até este ano.
Curiosamente não fomos almoçar por ser dia dos namorados, mas sim porque queríamos passar o dia fora. Tinhamos planeado ir almoçar a um sitio que gostamos muito e que fica na Maia. Por ser bastante escondido não reservamos. E claro quando lá chegamos estava fechado, só abria à noite para o famoso dia dos namorados.
Ficamos basicamente sem saber o que fazer.
Apetecia-nos ir a vários sítios, mas todos deviam de estar cheios às 14h!
Liguei para o clérigos e ninguém atendeu. Liguei para o portarossa e estava com tlm desligado. GRRRRR.
Decidimos ir à malucos ao portarossa. Só tínhamos mesa às 15h00. Já toda eu fervia.
Na loucura o N. disse: vamos ao Terra.
Eu ainda hesitei, é caro, este mês já gastamos bem mais do que o recomendado em restaurantes mas com a fome que estávamos, o mais provável era começarmos a discutir 10 min depois.
Chegamos ao Terra e claro tivemos que esperar. Completamente lotado. Mas depois de esperarmos na sala deles e vermos os pratos maravilhoss a passar pela nossa frente, é impossível voltar atrás.

Que almoço fantástico. Não só,  pela comida maravilhosa, a garrafa de vinho que partilhamos mas pela luz. É certo que chovia lá fora mas a última vez que estive no Terra foi ao jantar e não sabia que o restaurante era tão bonito.
Deliciei-me com um paté de frango com molho pesto no couvert. Uma sopa de lagosta e funcho e um risotto de espargos com gambas.
Acabei a refeição com uma simples e divinal mousse de chocolate.
E saimos do restaurante eram 17h00.

É escusado dizer que o nosso jantar do dia dos namorados foi um creme de abóbora e cenoura. E eu diria que já foi muito ;)




Os filmes dos óscares

quarta-feira, fevereiro 18, 2015
Nunca fomos muito de ir ao cinema até a yorn nos dar bilhetes a 3€. Depois disto tudo na nossa vida mudou. Para melhorar quando o N. não está não há programa mais fixe para preencher um sabado à noite que uma ida ao cinema. Nesta sexta eles foram à bola e as meninas foram ver "Still Alice". 
Forte. Muito forte. E a Julianne esteve brilhante.
No entanto preferi "o jogo da imitação". Adorei o filme. É verdade que ainda não vi o da "A Teoria de tudo" mas adorei este! Faltam-me 4 filmes para os oscares! Vamos lá ver se esta semana "despacho" pelo menos dois!


Urban chic e uma festa de 30 anos!

quarta-feira, fevereiro 18, 2015
Este post já vem com atraso.
Quem me conhece sabe que não sou muito de mostrar roupa, apesar de ser só uma das minhas grandes paixões.
Tenho notado que nos últimos tempos compro cada vez mais por impulso. Quando preciso de comprar algo não gosto de nada. Depois um dia entro no shoping e saio de lá com 5 ou 6 peças. Assim, sem pensar muito nas consequências de tais atos. O meu argumento para me convencer é sempre o mesmo: há imenso tempo que não compras nada (LOL), por isso podes!

Em Janeiro portei-me muito bem ;) Desgracei-me nos acessórios mas consegui não comprar uma única peça de roupa.
Mas tinha razões para comprar, afinal tive a festa de anos da MJ e o tema era urban chic.
Decidi logo que iria de preto, muito simples mas arriscar na maquilhagem e nos acessórios.
E assim foi.
Usei pela primeira vez uns calções de pele que tinha comprado (eu nunca ando de calções) e uma camisa toda transparente rendada.
E depois os brincos maravilhosos que tinha comprado para a festa. Gosto tanto deles que sou menina para sair à rua com eles, toda brilhante. Conto usa-los em noites especiais.
Acrescentei o meu pelinho (estava um frio de morte) e a minha mala em tons dourados.
E pronto ;)